sexta-feira, 13 de maio de 2011

Alma Gêmea

A QUÍMICA PODE PROVOCAR
HUMORES E AMORES

Aristófanes, dramaturgo grego que viveu lá pelos anos 400 a.C. escreveu numa de suas peças que o homem e a mulher eram um só corpo, quando foram criados pelos deuses do Olimpo. Duas metades que se completavam,  compartilhando e vivendo o amor.
Eram felizes até que se tornaram  orgulhosos e cheios de vaidades. Como castigo dos deuses, aquele ser único com o corpo de forma arredondada, foi separado em duas partes, masculino e feminino, homem e mulher, deixando como cicatriz comum entre eles, apenas o umbigo.
Talvez remonte desta época, as expressões alma gêmea e cara metade.
Contudo, as duas metades de uma laranja, versos tão cantados pelos poetas para simbolizar um casal perfeito, talvez só exista na mitologia grega. Viver a dois, numa harmonia dos deuses ainda é um sonho a ser concretizado. Mesmo assim, acredite, é possível ser feliz a dois.
Um bom começo é fazer uma escolha acertada!
Os homens e as mulheres são seres completos, não são partes pertencentes a proprietários externos de si mesmos. Aí talvez resida, o ponto inicial de uma aproximação saudável e consciente para uma  relação a dois. Seres diferentes mas unidos pelo amor, sendo unidade no entendimento através do diálogo.
Não tenha pressa, deixe tudo acontecer no seu devido tempo, pois é assim que o universo trabalha a seu favor. Quando você interfere, no sentido de apressar o curso natural das coisas, você se torna responsável pelos resultados inesperados que advirão e, quase sempre, com prejuízos para você.
A natureza não dá saltos e se reproduz indefinidamente utilizando um modelo simples e consagrado ao longo do tempo chamado família.
No reino animal, a maioria das espécies faz rituais  de acasalamento, atraídos por feromônios, que são substâncias químicas de comunicação entre indivíduos da mesma espécie.
A natureza também dotou os racionais da força do instinto de reprodução no sentido da constituição de uma família, embora seus rituais de namoro sejam mais sutis, complexos e conscientes.
Quando a “química” entre homem e mulher se combinam favoravelmente, dizem eles que estão se amando. É o amor. 

(Extraído do Livro Maria Cegonha Ah! Se eu fosse você... EST 2008 de Julião Goulart  p. 17)




Nenhum comentário:

Postar um comentário