terça-feira, 30 de abril de 2013

Inspirações para escrever e contar histórias na Rádio Cultura


Na  busca de inspirações para escrever,  e de  novas histórias para contar na rádio,  fui até o Uruguai, país que faz fronteira terrestre só com o Brasil, mais especificamente com o estado do Rio Grande do Sul. As demais fronteiras do Uruguai são limitadas por rios.

Em Montevidéu percebi  muitas semelhanças com Porto Alegre. Na coleta de lixo, considerada uma das mais modernas do mundo, na arborização que encanta os turistas e na hospitalidade. É a capital de país  mais arborizada da América Latina.

E tem mais, o Aeroporto  de Carrasco é o mais moderno da AL e Montevidéu é a capital administrativa do MERCOSUL. 

No contraponto, a preço da gasolina é superior ao praticado no Brasil, algo em torno de 34 pesos uruguaios que equivale a 3,4 reais.

Na terra do Eduardo Galeano, que conheci em Porto Alegre, a gente se sente a vontade nas ruas, nas livrarias e nas feiras.

No trânsito o pedestre tem prioridade de usar as ruas e avenidas. É uma obrigação parar e dar passagem  " Ceda el paso".
A história do  holocausto dos índios Charruas me impressionou por demais ao saber que foram atraídos numa armadilha, onde foram queimadas depois de uma emboscada. Muitos "charruas" fugiram para o Rio Grande do Sul e outros países.



Foram capturados  4  charruas que foram levados para Paris para serem exibidos em circos ambulantes como "selvagens".
Em Colônia do Sacramento, Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade, segundo a UNESCO, em cada pedra do calçamento, podemos sentir que  há uma poema construído na história humana.













Deixo uma pergunta aos meus leitores e ouvintes: Há alguma relação entre Colônia do Sacramento e Florianópolis ( antiga Desterro)?
Um dica é pesquisar o Tratado de Santo Ildefonso...  

segunda-feira, 8 de abril de 2013