Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015

Rádio Cultura de Florianópolis - Programa A hora da História - Entrevista

Metáforas & Analogias - Lei da atração e reação da Física

Campanha pela Vida

Durante a Oficina de Contadores de histórias, Oratória  e Teatro, que ocorreu no Estúdio de TV da Rádio Cultura AM 1110 kHz de Florianópolis, os participantes encenaram um pequeno roteiro que escrevi, adaptado de textos de Albert Einstein, metáfora da Lei da Ação e Reação,  da Física. O título do vídeo foi inspirado dos escritos no para-choque de um caminhão que circulava na SC 401 em Florianópolis que dizia assim:


CONTAR HISTÓRIA EXERCITA A ORATÓRIA - OFICINA DIA 21/11/2015

"Se, na verdade, o sonho que nos anima é democrático e solidário, não é falando aos outros, de cima para baixo, sobretudo, como se fôssemos os portadores da verdade a ser transmitida aos demais, que aprendemos a escutar, mas é escutando que aprendemos a falar com eles (Freire, 1998, p.127)."
Escrevi um roteiro para ser interpretado como atividade final, pelos participantes da Oficina * de Contadores de História, com dicas de Dicção e Oratória, que acontecerá na Rádio Cultura de Florianópolis, dia 21/11/2015, das 14h00 às 17h00 - Informações na recepção do CAP 48 32246476, Praça São Sebastião,88 Centro de Florianópolis.
Além de dicas importantes e exercícios de teatro para desinibir e dar adeus à timidez.
* Oficina é uma metodologia de trabalho que prevê a formação coletiva. Ela prevê momentos de interação e troca de saberes a partir da uma horizontalidade na construção do saber inacabado. Sua dinâmica toma como base o pensamento de Paulo Freire no que diz respeito à dialéti…

Contar histórias aprimora o desenvolvimento pessoal, estimula a memória

O Mito da Caverna e o preço da verdadeira Luz

No livro "A República", o filósofo grego Platão nos convida a imaginar uma caverna onde existem humanos que nasceram e cresceram dentro dessa mesma caverna. Eles nunca saíram, porque se encontram presos no seu interior. Os habitantes da caverna estão de costas voltadas para a sua entrada. Fora da caverna, existe um muro alto que separa o mundo exterior da caverna. Os homens existentes no mundo exterior mantêm uma fogueira acesa, e os ruídos que fazem podem ser ouvidos dentro da caverna. De igual forma, as suas sombras são refletidas na parede no fundo da caverna, e os seres humanos acorrentados, vêm as sombras e pensam que elas são a realidade. Em seguida, Platão pede que imaginemos que um dos seres humanos acorrentados consegue fugir  da caverna, subir o alto muro e passar para o outro lado, descobrindo que as sombras que antes via, vinham de homens como ele. Além disso, descobriu também a natureza que existia do outro lado do muro. Platão discursa então sobre o que esse hom…

A Arte de Aprender com as Dificuldades

Era uma vez...
Uma fábula indiana conta que há milhares de anos vivia em um templo abandonado uma cobra venenosa. Seu nome era Naga. Embora tivesse em geral um comportamento adequado, a cobra despertava terror nos habitantes da aldeia próxima porque - quando incomodada - atacava as pessoas. Certo dia apareceu no local um sábio desconhecido. Sentou-se junto ao templo e chamou Naga para uma conversa. Disse-lhe que a vida inteira é uma escola espiritual e aprendemos o tempo todo, mesmo quando não temos consciência disso. “O aprendizado é muito mais rápido - e mais difícil - quando fazemos um esforço consciente por iniciativa própria”, acrescentou. A consciência de Naga se expandiu. O animal viu a luz da sabedoria, e disse que iria trilhar o caminho do esforço consciente. O instrutor mencionou então duas condições básicas para esse tipo de aprendizado. “O primeiro passo é o autocontrole”, disse ele. “O processo sagrado começa à medida que o aprendiz deixa de obedecer aos instintos animais.” E…