terça-feira, 29 de março de 2011

José Alencar

Acompanhei meu irmão durante o período de tratamento de um câncer. Junto com ele, em marcantes momentos, trocamos afetos e olhares em consultórios e salas de quimioterapia.
Primeiro foi o diagnóstico, episódio duro de saber. Depois foram consultas, quimioterapias e radioterapias em clínicas particulares.
Foi preciso somar os orçamentos até conseguirmos tratamento no CEPON em Florianópolis.
Hoje morreu José Alencar, um exemplo de lutador contra o câncer.
Lembrei da luta de muitos pacientes que vivem com a doença e, a exemplo de José Alencar, nunca perdem o otimismo na alegria de viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário