segunda-feira, 17 de maio de 2010

O melhor da noite de 16 de maio 2010

Ontem, 16 de maio, no teatro da UFSC, um pouco antes da concentração do elenco da peça As Luas de Galileu, Direção de Carmen Fossari, apareceu o poeta Pedro Port para iluminar a noite com a sua presença.
Sabemos que os poetas percorrem todos os caminhos antes de todos e que são vanguardeiros e batedores na sinalização do sentir humano. Lá estava ele. E eu, que tive o privilégio de conhecer Mário Quintana, sintí-me duplamente privilegiado por rever Pedro Port.
Pensei: o poeta voltou! Ele mesmo, que já tinha assistido o espetáculo em 2009, estava lá para a segunda temporada.
A melhor lembrança que tenho da noite de ontem foi o poema de Pedro Port recitado por Carmen Fossari.
Publicarei em breve os poemas de Pedro Port.
Aguardem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário