domingo, 3 de janeiro de 2010

Futebol e filosofia

Algumas frases garimpadas na mídia esportiva internacional, proferidas por filósofos do cotidiano.

Romário: “Técnico bom é aquele que não atrapalha”
Diego Maradona: "Não estou contra os homossexuais. Me parece bom que existam, porque dessa maneira deixam as mulheres livres para nós que somos machos de verdade"
Alfredo Di Stéfano: "A bola é de couro, o couro vem da vaca, a vaca come pasto, assim há que jogar bola sobre o pasto"
David Beckham: "Definitivamente, quero que meu filho Brooklyn seja cristianizado. Só não sei, todavia, por qual religião"
Ronaldo: "Perdemos porque não ganhamos"
George Best: "Em 1969, deixei as mulheres e a bebida, mas foram os piores 20 minutos de minha vida"
George Best: "Há alguns anos, disse que me deixassem escolher entre marcar um golaço no Liverpool ou me encontrar com uma Miss Universo, e que seria uma difícil eleição. Afortunadamente, tive a oportunidade de fazer ambas as coisas"
Thierry Henry: "Às vezes, no futebol, é preciso marcar gols"
Johan Cruyff: "Meus atacantes só devem correr 15 metros, a não ser que sejam estúpidos ou estejam dormindo"
Jorge Valdano, ex-treinador do Real Madrid: "Um rival sem interesse em atacar? É como fazer amor com uma árvore"
Alan Hansen, ex-capitão do Liverpool: "Nunca disputei as bolas aéreas no Liverpool. Se sabe que cada vez que cabeceia a bola se perde 50% dos neurônios. Assim, mandava Mark Lawreson cabecear. Sempre convém delegar. É prerrogativa dos capitães"
John Toshack, ex-treinador do Real Madrid: "Nas segundas, sempre penso em trocar dez jogadores, às terças sete ou oito, às quintas quatro, às sextas dois. E no sábado penso que têm que jogar os mesmos "cabrones"
Paul Gascoigne: "Tive 14 cartões nessa temporada. Oito deles foram culpa minha, mas sete podem ser discutidos"

Outras pérolas do grande frasista Romário:

"Do jeito que bati o pênalti, até minha mãe pegava"

"Se o Pelé fez gol pelo exército e até de terno e gravata quando demoliram estádio, por que os meus gols em amistosos não valem?"
"Gosto da noite porque nela a gente só vê o que quer. De dia a gente vê tudo" - Sobre as noitadas 2006
“Quem tem filho grande é elefante”
"O Pelé calado é um poeta. Era bom colocar um sapato na boca dele" - Sobre o Rei do Futebol, que defendera sua aposentadoria 2005

Um comentário:

  1. Meu amigo,
    não entendo muito de futebol mas, tenho que admitir a minha admiração por técnicos de futebol. Isso sim. Gosto das estratégias, ataques e de uma boa defesa. Pelo menos, como estrategistas têm melhores frases do que seus pupilos. he,he.

    ResponderExcluir